Procedimentos Cirúrgicos

Artroscopia

O que é?

Artroscopia é um procedimento de alta complexidade, capaz de diagnosticar e tratar doenças das articulações (ombro, quadril, joelho, tornozelo e punho) de forma minimamente invasiva, por meio de pequenas incisões de cerca de 1cm.
Através dessas incisões materiais especiais são inseridos no ombro do paciente:

Ótica: permite visualizar a articulação ou bursa e projetar a imagem aumentada cerca de 30 vezes em um vídeo;

Equipo com bomba: insufla a articulação do ombro com uma solução (soro fisiológico por exemplo), permitindo ampliar o campo de visão e através de uma pressão negativa tamponar vasos sanguíneos que possam vir a sangrar;


Cânulas: são responsáveis por manter o canal por meio do qual os materiais são passados do meio externo para o meio da articulação, permitindo fazer a irrigação e a passagem desses materiais sem sofrer interferência de tecidos.


Lâminas: são materiais semelhantes a uma broca de dentista e permitem realizar o procedimento de "raspagem" dos tecidos e proeminências ósseas (lâmina óssea ou de partes moles - "shaver");


Ponteira de radiofrequência: é um tipo de cautério utilizado para parar o sangramento e limpar estruturas;


Âncoras: são pequenos "parafusos" introduzidos dentro do osso. São carregados com fios de alta resistência que através de pinças especiais permite trazer o tendão ou o ligamento de volta para a posição original.
Com o envelhecimento e com a cronicidade do processo inflamatório, o tendão pode romper lentamente, o que gera dor e incapacidade. Os traumas sobre o ombro também podem causar graus variáveis de ruptura, principalmente em pessoas com mais de 40 anos.



Qual a vantagem em relação à cirurgia aberta?

A vantagem está relacionada a:

Melhor resultado estético;

Menor índice de infecção;

Possibilidade de diagnosticar e tratar outras lesões concomitantes que não são capazes de ser vistas pela cirurgia aberta;

Cicatrização e recuperação mais precoces.



Quais doenças do ombro podem ser tratadas por artroscopia?

Síndrome do impacto refratária ao tratamento conservador;

Rupturas parciais e totais do manguito rotador;

Tendinite bicipital;

Luxação do ombro;

Luxação acrômio-clavicular;

Lesão SLAP;

Cistos paralabrais.

 



Artroplastia

O que é?

Artroplastia é a substituição da articulação, geralmente por um componente protético. Também pode ser de ressecção ou de superfície (resurface). Pode ser total, quando envolve a substituição da glenóide e da cabeça do úmero ou parcial (apenas cabeça do úmero); cimentada ou não-cimentada.







 

Quando está indicado a cirurgia?

O uso da artroplastia do ombro na prática médica está indicada nos casos de:

Artrose avançada;

Osteonecrose da cabeça umeral;

Artropatia do manguito rotador,

Fraturas cominutivas da cabeça umeral

Perda óssea da cabeça umeral > 40%.

 
 

SÃO CARLOS IMAGEM ANEXO

85 4009.1615 | 4009.1617

Rua Otoni Façanha de Sá 69 | Dionísio Torres
Fortaleza CE

Ars Orthop Med Osteoarticular

85 98910-3372

Rua Carolina Sucupira 1086 | Aldeota
Fortaleza CE
 
   

Dr. Rafael Patrocínio© 2016. Todos os direitos reservados.